Combate ao insucesso escolar

A Câmara Municipal de Mafra, com os Agrupamentos de Escolas e a Escola Secundária José Saramago, estão a implementar o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar para o Concelho de Mafra. Elaborado para três anos, este plano é constituído por oito atividades e 14 ações destinadas a alunos, professores, pessoal não docente, encarregados de educação e outros membros da comunidade com responsabilidades na área da educação.

Pese embora o Concelho de Mafra registe uma taxa de retenção ou desistência que é inferior à média da Área Metropolitana de Lisboa, pretende-se consolidar o Projeto Educativo Municipal através de respostas qualificadas de prevenção, sinalização, acompanhamento e recuperação de potenciais situações de insucesso ou abandono escolar precoce, assim como da diversificação de respostas sociais, educativas ou formativas, de modo a garantir a igualdade de oportunidades de sucesso a todas as crianças e jovens do Concelho. Pretende-se, igualmente, contribuir para a promoção da disciplina, através de iniciativas no âmbito da educação para a cidadania e os valores, bem como para o envolvimento de todos os membros da comunidade educativa, por meio de ações de sensibilização e capacitação relacionadas com diferentes temáticas.

Este plano, que é cofinanciado pelo Fundo Social Europeu através do Programa Operacional Regional de Lisboa, integra projetos no âmbito da promoção da leitura, do empreendedorismo e do ensino e aprendizagem da matemática, das ciências experimentais e das ciências sociais e humanas que complementam a ação das Escolas e Agrupamentos, para além do desenvolvimento das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) em contexto educativo.

De entre as atividades, destaca-se a constituição de uma equipa multidisciplinar de sete técnicos mediadores para o sucesso escolar, contratada pela Autarquia, que atuará em todos os Agrupamentos de Escolas e na Escola Secundária José Saramago. Esta atividade é implementada em parceria com a Associação EPIS – Empresários para a Inclusão Social, que criou e desenvolveu uma metodologia de mediação escolar que tem vindo a ser aplicada, desde 2007, envolvendo milhares de alunos em mais de 40 concelhos de todo o País.

O Município de Mafra iniciou, hoje, a implementação deste plano, promovendo uma reunião que contou com a participação dos Diretores dos Agrupamentos de Escolas e da Escola Secundária José Saramago, de representantes da EPIS e dos técnicos mediadores.

Consulte o plano.

 

Combate ao insucesso escolar